Araucária, 25 de dezembro de 2011

NOTÍCIAS

Programação do Julho das Pretas tem como centro a valorização da mulher negra

Uma extensa programação foi organizada no Paraná para celebrar o Julho das Pretas. São palestras, debates, lançamentos de livros, afroempreendedorismo, música e festa junina que têm como centro a valorização da mulher negra.

Elas formam o segmento mais discriminado da população. São atacadas com motivações machistas e racistas. As mulheres negras recebem, em média, salário menor do que mulheres brancas e do que homens brancos e negros.

Pela necessidade de mobilizar as mulheres negras pelos seus direitos que foi organizado o Julho das Pretas. As ações têm como referência o Dia Nacional de Tereza de Benguela e da Mulher Negra, comemorado a 25 de julho.

Tereza de Benguela era a rainha de um quilombo formado no Vale do Guaporé, Mato Grosso, no século XVIII. Ela governava de um modo parlamentar. O quilombo foi atacado em 1770 e Tereza foi capturada, morrendo logo em seguida. Não se sabe se por suicídio, doença ou, ainda, assassinada. Documento da época fala em pasmo, que seria a perda dos sentidos.

Abaixo está a programação para Curitiba. Também há atividades pervistas em Maringá, Cornélio Procópio, Umuarama e Cascavel.

De 9 a 13 de julho - Palestras e ações sobre a temática da população negra e indígena
Local: Colégio Estadual Guaíra
Rua Lamenha Lins, 1962, Rebouças, Curitiba
Realização: Associação Usina de Ideias

13 de julho - Oficina de cartazes para a Marcha das Mulheres Negras
Local: Colégio Estadual Guaíra, pela manhã e à tarde
Rua Lamenha Lins, 1962, Rebouças, Curitiba
Realização: Associação Usina de Ideias

14 de julho - Palestra sobre o livro “Com Ela”, de Ingrid M. Alves
Local: Livraria Vertov, 14 horas
Rua Visconde do Rio Branco, 835, Sala 02, Mercês, Curitiba

14 de julho - Cine Debate – Cara Gente Branca
Local: Livraria Vertov, 18 horas
Rua Visconde do Rio Branco, 835, Sala 02, Mercês, Curitiba

16 de julho - Seminário Classe, Gênero e Raça
Local: APP Sindicato, 18 horas
Av. Iguaçu, 880, Rebouças, Curitiba

21 de julho - Palestras e lançamentos dos livros
Ayo, de Vera Paixão
Com Ela, de Ingrid M. Alves
Local: Livraria Vertov, 10 horas
Rua Visconde do Rio Branco, 835, Sala 02, Mercês, Curitiba

21 de julho - Roda de Conversa - Feminismo Negro
Local: Livraria Vertov, 14 horas
Rua Visconde do Rio Branco, 835 - Sala 02, Mercês, Curitiba

21 de julho - Roda de Conversa – Saberes Ancestrais das Parteiras
Local: Livraria Vertov, 16 horas
Rua Visconde do Rio Branco, 835, Sala 02, Mercês, Curitiba

22 de julho - Feira do Afroempreendedor
Homenagem às mulheres negras
Local: Praça Zumbi dos Palmares, 14 horas
Rua Eloi Orestes Zeglin, Pinheirinho, Curitiba

22 de julho - Oficina Corpo, Voz e Movimento
Local: Praça Zumbi dos Palmares, 15 horas
Rua Eloi Orestes Zeglin, Pinheirinho, Curitiba

Dia Nacional de Tereza de Benguela e da Mulher Negra
25 de julho - Café e bate papo das pretas
Local: Sede da RMN-PR – Rede de Mulheres Negras, às 9h30min
Rua Professor Ovídio Brasílio da Costa, 2251, casa 3, Santa Quitéria, Curitiba

25 de julho - Arraiá das Pretas
Local: Quintal da Maria, 19 horas
Av. Jaime Reis, 366, São Francisco, Curitiba

26 de julho - A Mulher Negra na Universidade: conquistas e desafios
Local: Setor de Ciências Humanas da UFPR, 19 horas
Rua Gen. Carneiro, 460, Ed. D. Pedro I, Reitoria, Centro, Curitiba

27 de julho - CuTUCando a Inspiração apresenta Slam Resistência Surda
Local: Teatro Universitário de Curitiba – TUC, 19 horas
Galeria Júlio Moreira - Galeria Júlio Moreira, Centro, Curitiba
Apoio: Feira do Poeta
Curadoria: Gabriela Grigolom

28 de julho - Dia das Princesas Negras
Local: Espaço Salão Africanitude – Estética e Arte, 10 horas
Rua Angenor Antônio Rodrigues, 432, Sítio Cercado, Curitiba

29 de julho – Marcha das Mulheres Negras
Concentração na frente ao Armazém da Família, no Parolin, às 14 horas
Rua Prof. Plácido e Silva, 860, Parolin, Curitiba