Araucária, 25 de dezembro de 2011

NOTÍCIAS

Aposentados fazem mobilização na Prefeitura e reabrem o diálogo com prefeito

Servidores aposentados do Magistério e do Quadro Ggeral reuniram-se na frente da Prefeitura de Araucária para construir o Dia de Luta e Valorização e conseguiram a reabertura do diálogo com prefeito Hissam na próxima terça-feira, dia 04.

A mobilização ocorreu na tarde desta quarta-feira, 29 de agosto. Foi montada uma barraca no pátio da prefeitura para a realização de debates sobre o Estatuto do Idoso e sobre questões de interesse do segmento.

Clique aqui para ver as fotos

As/os aposentadas/os querem que o governo encaminhe soluções para as suas reivindicações.

  • Reenquadramento pela isonomia e paridade das aposentadas que tinham este direito já em 2008
  • Reenquadramento das professoras que adquiriam o direito a avanços entre 2013 e 2017 e se aposentaram.

Logo no início da tarde o prefeito Hissam passou pelos manifestantes. Um grupo de aposentadas e dirigentes do Sismmar e do Sifar foram até ele. Explicaram que a mobilização representa um anseio dos aposentados por respostas. O prefeito ouviu com atenção e se comprometeu a receber uma comissão na próxima terça-feira, em horário ainda a ser confirmado.

Enquanto isto ocorria, os advogados Ramon Bentivenha e Henrique Kramer faziam uma exposição sobre o Estudo do Idoso. Esta é uma lei brasileira bastante avançada, que tem o propósito de assegurar dignidade às pessoas com mais de 60 anos. Porém, é preciso maior pressão social para fazer valer os direitos ali contidos.

Bentivenha cita como exemplo o artigo 71 do Estatuto do Idoso, que assegura prioridade nos processos judiciais e procedimentos na administração pública. Há aposentadas que esperam há dez anos o cumprimento de um direito de carreira.

A professora aposentada Elecy Luvizon, representante eleita pelos aposentados para o Conselho Administrativo do FPMA, falou sobre a correlação difícil para os trabalhadores dentro do fundo. Ela lembrou que a eleição para nova composição do FPMA se aproxima e é importante que os aposentados se engajem para eleger pessoas que defendam os interesses dos trabalhadores.